Casal responderá por tortura praticada contra crianças de 4 e 7 anos em Jardinópolis

O casal denunciado pela Promotoria de Jardinópolis por torturas praticadas contra duas crianças tornou-se réu no processo. A decisão que aceitou a denúncia é desta quarta-feira (20/7) e determinou ainda a prisão preventiva do homem e da mulher.

A promotora de Justiça Maria Julia Câmara Facchin Galati relatou que o homem submeteu dois enteados, de 4 e 7 anos, a intenso sofrimento físico e mental, como forma de aplicar castigo. Já a mãe das crianças se omitiu quando tinha o dever e podia agir para evitar os maus-tratos. Em 13 de julho deste ano, o padrasto das crianças se irritou ao saber que os enteados estavam pedindo dinheiro a quem passava pela rua, passando a agredi-los não só com as mãos, mas também com fios, pedaço de pau e chinelos. Laudos periciais apontaram ainda a existência de lesões mais antigas nos meninos.

-A matéria continua depois da publicidade-


Agora, mãe e padrasto responderão de acordo com a Lei 9.455/1997, conhecida como Lei da Tortura.

Fonte:

Núcleo de Comunicação Social MPSP

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.