Policia Militar de Orlândia salva bebê de um mês que parou de respirar após engasgo

A Polícia Militar tem, dentre outros, a função de zelar pela vida das pessoas. E foi o que aconteceu na Semana Santa em Orlândia, quando não somente protegeram, mas salvaram a vida de um bebê de um mês de vida.

Os policiais estavam em patrulhamento quando recebeu o chamado para atendimento a uma mãe com a criança engasgada, na Avenida P. Rapidamente fram até o local e encontraram a criança, no colo dos familiares, com a respiração fraca e com a pele roxa. Imediatamente o Soldado Carvalho iniciou a manobra de Heimlich (técnica de primeiros socorros utilizada em casos de emergência por asfixia), porém não conseguiu visualizar o que obstruía as vias aéreas e a criança não se estabilizava. O bebê foi colocado de bruços e efetuadas cinco palmadas em suas costas, verificada sua respiração novamente, constatado que a criança não voltava ao normal seguiu os procedimentos da manobra.

A Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros estava à caminho, mas devido à gravidade o Cabo PM Marco Antônio decidiu não esperar, pois a criança precisa de atendimento médico com urgência. Mãe e filho foram levados ao Pronto Socorro, com seu quadro agravando dentro da viatura, sendo reiniciada a manobra de Heimlich até a sala de emergência do Hospital Beneficente Santo Antônio.

-A matéria continua depois da publicidade-

No hospital o Doutor de plantão Gustavo José Oliveira Barreira de Alencar realizou a sucção do leite que estava obstruindo as vias aéreas. A criança foi estabilizada e permaneceu no hospital em observação.

O bebê já está em casa e passa bem.

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.