IORM leva 66 alunos para visita a Museu Casa de Portinari

O Museu Casa de Portinari, de Brodowski foi o destino selecionado pelos educadores do Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça – IORM, para a visitas guiadas de 66 alunos das Oficinas de Artes Usina da Dança do núcleo de Orlândia, como parte das atividades oferecidas pelas Oficinas de Convivência Sócio Artísticas, durante o mês de agosto. 

-A matéria continua depois da publicidade-

Durante sua carreira artística, Candido Portinari pintou cerca de 5.000 obras. É um dos mais importantes pintores brasileiros e reconhecido em todo o mundo, retratando importantes questões sociais. “Vimos a necessidade de proporcionar aos alunos vivências para o aprimoramento de conhecimento cultural e porque não começar na nossa região? Escolhemos o Museu Casa de Portinari pela relevância do artista. O Museu foi estruturado na casa onde Portinari viveu com sua família até seus quinze anos e que abriga afrescos do pintor, além de objetos utilizados por ele e sua família e a belíssima capela criada por ele em homenagem a avó.”, conta Valeria Pazeto, coordenadora artística do IORM. 

Os Museus, na atualidade, são protagonistas na difusão da cultura e no exercício da educação não formal, ocupando posição privilegiada no desenvolvimento do pensamento crítico e da sensibilidade relacional, além de serem ótima opção de lazer. 

As visitas foram realizadas nos dias 2, 3 e 4 de agosto com apoio da Prefeitura Municipal de Orlândia para o serviço de transporte. As visitas foram iniciadas com a turma de 22 alunos de Orlândia, acompanhados pelos profissionais Laís Cunha, Aline Silva, Larissa Corrêa e Júlio Soares do IORM e o responsável do Educativo do Museu, Ronilson Rosa Vitor dos Santos Molinar. No dia 3 de agosto, 19 alunos da Usina da Dança, acompanhados pelos profissionais Laís Cunha, Aline Silva, Vivian Vinha e Marina Munari visitaram o Museu e foram recebidos por Bethânia Bravo Arruda, representando o Educativo. Já no dia 4 de agosto, as profissionais Laís Cunha, Aline Silva, Lucia Castro e Maria Júlia Pintar do IORM, acompanharam 25 alunos em sua visita ao Museu, monitorada pela responsável educativo da Instituição, Leticia Eduardo Toloi “Por meio das Oficinas de Convivência Sócio Artísticas fortalecemos o elo entre todos os conteúdos oferecidos a nossos alunos de maneira transversal com os conteúdos artísticos culturais propostos nas Oficinas de Artes Usina da Dança, que integram o Plano Anual Agenda Cultural 2022 Isso traz maior multidisciplinaridade, horizontalidade e integralidade nas ações propostas. E isto é fundamental para formação de crianças e adolescentes em processo de construção de seu próprio repertório sociocultural. As Oficinas são importantes ferramentas para o desenvolvimento e aperfeiçoamento dos conteúdos culturais e para o fortalecimento de habilidades sociais, contribuindo para a construção de relações interpessoais mais positivas e com maior interação”.,avalia a coordenadora artística do IORM, Valeria Pazeto. 

O Projeto Agenda Cultural – PRONAC 212460, realizado pelo Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça e o Ministério do Turismo por meio da Secretaria Especial de Cultura. 

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.