Incêndio destrói barracão da Cooperlol em Orlândia; veja fotos e vídeos

Um incêndio de grandes proporções destruiu um dos barracões da sede da Cooperativa de Trabalho dos Recicladores de Orlândia (Cooperlol) na manhã deste domingo (11/04), no bairro Jardim Boa Vista em Orlândia-SP. Apesar do susto entre os moradores e de um caminhão ter sido queimado, ninguém ficou ferido, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

O incêndio começou por volta das 10h30 na Cooperlol, localizada na Avenida H, no bairro Jardim Boa Vista. Assustados com as chamas, que espalhou uma nuvem de fumaça preta acima do prédio, moradores da região pediram ajuda às autoridades.

As causas do incêndio ainda não foram esclarecidas, segundo o Corpo de Bombeiros.

-A matéria continua depois da publicidade-

O Corpo de Bombeiros enviou seis bombeiros ao local, divididos em um caminhão-pipa e em uma ambulância de resgate, e pediu ajuda à equipe de Sales Oliveira (SP), que também enviou um caminhão-pipa, com três agentes, até a ocorrência.

As chamas, que se alastraram por cerca de meia-hora, foram contidas por volta das 11h15. Também participaram do controle do incêndio duas usinas de cana-de-açúcar de Pontal (SP), com caminhões-pipa, e policiais militares, que trabalharam para impedir a chegada dos moradores até o prédio.

A Polícia Militar acionou a Polícia Civil, que deve investigar as causas do incêndio e apurar o prejuízo causado à cooperativa.

NOTA

Em Nota, a Cooperlol informou que foram surpreendidos com incêndio que literalmente “destruiu ” com parte da Cooperativa. “Perdemos veículos, equipamentos, barracão dentre outras coisas, mas graças a Deus foram somente bens materiais, vidas que é o que mais importa, todas foram preservadas. Estamos por óbvio “destroçados “, arrasados, sem chão, pois tudo aquilo que um dia sonhamos e conquistamos, em poucos minutos viraram cinzas, mas temos fé que das cinzas, ressurgiremos. Neste momento de extrema tristeza para os nossos 44 cooperados, o que nos conforta é saber o quão querida é a Cooperlol, mensagens e palavras de carinho e conforto não param de chegar, temos certeza absoluta que a união de forças fará toda diferença neste processo de reconstrução, de ressurgimento, a querida população de Orlândia que nunca, nunca nos deixou na mão fará junto conosco um dos mais belos processos de amor e solidariedade ao próximo, não nos deixarão sozinhos! Neste momento o que pedimos para cada um é que “ninguém solte a mão de ninguém “, e juntos venceremos! Amanhã nos reuniremos com grupo de parceiros para “juntos” definirmos as ações necessárias para o pleno restabelecimento de nossas atividades.Fiquem com Deus e vamos “juntos” recomeçar uma nova história, de Luta e de sucesso! Avante, sempre!”

Hoje a Cooperlol atende 100% dos bairros orlandinos, gerando emprego para 44 famílias e colaborando de forma fundamental na preservação e no cuidado com o Meio Ambiente da cidade.

Imagens de uma moradora de Orlândia-SP. Vídeo enviado no grupo Novacidade no Whatsapp.

“Momentos difíceis, requer pessoas fortes, serenas e acima de tudo com muita fé! Aos nossos companheiros de Cooperlol, peço que acalmem seus corações , aos companheiros de caminhada, os apoiadores, simpatizantes etc… que façam o mesmo. Tudo vai dar certo, das cinzas tiraremos as forças necessárias para reconstruir aquilo que um dia lutamos, conquistamos e hoje perdemos”, disse ex-presidente da Cooperativa Anderson Nassif.

PREFEITO DR. SERGIO BORDIN SE SOLIDARIZA

“Manifesto o meu profundo pesar diante do incêndio ocorrido na manhã deste domingo, 11 de abril de 2021, na sede da Cooperlol Trata-se, sem dúvida, de um prejuízo incalculável, não somente financeiro, mas de todo um trabalho e dedicação ao longo dos últimos 16 anos. Consternado, me solidarizo com todos os cooperados, em nome de seu fundador Anderson Nassif e da atual presidente Juliana Damiani de Paulo. Com muito trabalho, marca histórica da Cooperlol, tenho certeza que irão se reerguer rapidamente. Como amigo e prefeito de Orlândia, estarei oferecendo todo o apoio que estiver ao meu alcance. Um grande abraço e que Deus abençoe nesta reconstrução.”

CORPO DE BOMBEIROS SE SOLIDARIZA

“Solidarizo com todos cooperados em especial com o Anderson, cuja luta não só pela Cooperlol mas pelo setor; porém sabendo da força que vocês têm logo estarão a plenas atividades, tenho certeza que essa história triste já ficou para trás e que com toda força do nosso Senhor Jesus, vocês Cooperlol sairão muito mais fortalecidos, outro fato é que os cidadãos também estarão colaborando para restaurar suas atividades; força pessoal, tudo passa por mais ruim que possa parecer, tudo passa; que Deus fortaleçam seus corações e lhes dêem forças e bom ânimo.”

Imagens de uma moradora de Orlândia-SP. Vídeo enviado no grupo Novacidade no Whatsapp.
Cooperada Fátima relata momentos do incêndio na Cooperlol em Orlândia.

GALERIA DE FOTOS
Imagens enviadas no grupo Novacidade no WhatsApp.

COOPERLOL

A cidade de Orlândia é referência nacional na coleta seletiva de materiais recicláveis. Esta trajetória de sucesso passa pelo seu ex-presidente, Anderson Nassif, sua atual presidente, Damiana e suas dezenas de cooperados.

HISTÓRIA COOPERLOL
O início da cooperativa deu-se por um grupo de pessoas que coletavam materiais recicláveis no lixo, retirando deste o sustento de suas famílias. Com a eminência do fechamento do lixão, viram-se sozinhos e desamparados.

Na época, o prefeito Vado, em seu segundo mandato, deu todo o apoio necessário, para que os então “catadores”, pudessem buscar uma nova função que lhes rendesse o suficiente para o sustento. Diante da necessidade, buscaram informações, com algumas reuniões e palestras, assim, veio a constituição da cooperativa.

Fundada a Cooperativa, conquistaram juntos à Administração Municipal de Orlândia, o apoio para iniciarem o trabalho, e esse apoio se deu através da Lei Municipal nº 3461 de 22/02/2006 para uso do galpão e da Lei Municipal nº 3466 de 15/03/2006 convênio para uso de equipamento.

FUNDAÇÃO DA COOPERATIVA
Iniciou com cerca de vinte pessoas que do lixão tiravam o sustento de suas famílias, e viram-se obrigados a buscar conhecimento sobre a legislação e responsabilidade que abordam as questões sobre o lixo.

SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL
Houve a necessidade de mais conhecimento e foi coordenado pela assessoria técnica, projetos com a realização de palestras explicando sobre a coleta seletiva e a reciclagem, conscientizando assim, sobre o valor sócio ambiental.

AS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS
Composta por homens e mulheres a cooperativa encontra em sua formação Diretoria e Conselho Fiscal, todos integrantes e eleitos pelos demais trabalhadores da cooperativa. Trabalhando todos juntos na coleta, separação e armazenamento dos materiais.

A Vigilância Sanitária, acompanha os trabalhos e já constatou não oferecer risco aos trabalhadores e ao meio ambiente. Hoje o trabalho realizado é muito melhor, pois se realiza na cidade e não mais no lixão. Com a saída do lixão e a chegada na cooperativa, originando-se agora um cooperado, elevou a auto estima dos catadores, também adquirindo a percepção do importante papel que desempenham na sociedade, passando de “singelo catador” para “Agente Ambiental”.

OBJETIVOS DA COOPERLOL
Informar e conscientizar melhor a sociedade sobre as necessidades e benefícios da coleta seletiva e a reciclagem também é um de seus deveres. Realizar a integração de catadores avulsos da cidade, proporcionando-lhes uma melhor remuneração; Aumentar a coleta e rendimentos da cooperativa; Buscar injeção de recursos do poder público ou iniciativa privada; Criar oficina de artesanato e técnicas de reciclagem com os materiais coletados; Essas são umas das metas e deveres da Cooperlol com a sociedade e seus funcionários.

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.