Inscrições abertas para o Curso Gratuito de Eletricista em Orlândia - Novacidade News

Novacidade.com News - Orlândia - Notícias - Fotos
FTTh Telecom
Orlândia

Inscrições abertas para o Curso Gratuito de Eletricista em Orlândia

Compartilhar

A Prefeitura Municipal de Orlândia e o Sindicato Rural de Orlândia, promoverão um Curso de Eletricista e Instalações em Baixa Tensão, oferecido pelo SENAR. O curso tem como objetivo efetuar serviços de instalações elétricas em baixa tensão.

-A matéria continua depois da publicidade-

As inscrições, abertas para 16 vagas, devem ser realizadas até no dia 14 de junho, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, que fica na Avenida do Café nº 1.040, esquina com a Rua 10. O interessado deve ter acima de 18 anos e apresentar documento original – RG, CPF ou a CNH.

O curso tem como objetivo efetuar serviços de instalações elétricas em baixa tensão e vai trazer noções básicas sobre o sistema elétrico (geração, transmissão e distribuição de energia elétrica); sobre os circuitos elétricos (monofásico, bifásico e trifásico) e a orientação sobre os materiais, ferramentas e instrumentos utilizados nas instalações elétricas, além da orientação na prevenção de acidentes de trabalho e proteção ambiental.


O curso tem carga horária de 40 horas e será realizado de 18 à 21 de junho de 2018, das 08h às 17h, na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, e será ministrado pelo instrutor do SENAR, Evandro Tassinari Medeiros.

Os participantes receberão alimentação e material didático oferecido pelo SENAR e posteriormente os Certificados de Conclusão da atividade, aceitos pelas empresas da região.

O Sindicato Rural de Orlândia, através de sua Coordenadora Erika Maulin agradece a parceria com o Poder Público Municipal. “A Prefeitura tem a preocupação com sua população e está engajada na capacitação de pessoas para que elas estejam aptas e possam conquistar seus empregos e nós do Sindicato Rural estamos agradecidos pela confiança e oportunidade de também ajudar em mais uma formação profissional”, finaliza a coordenadora.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: