Caloi Mobylette elétrica já está disponível nas lojas do Brasil

Após 47 anos sem atualizações, a nova Caloi Mobylette finalmente chegou às lojas do Brasil. As vendas começaram de forma inesperada, com um anúncio no Mercado Livre que se esgotou em poucas horas. Agora, no entanto, o ciclomotor que fez sucesso no fim do século 20 já está disponível nas bike shops do país inteiro pelo preço de R$ 9,2 mil.

A Caloi projeta comercializar mais de 2 mil unidades de seu novo veículo em 2022. Agora elétrica, a Mobylette traz um motor de 350 W com bateria (bi-volt) de íon-lítio, 36 V e 10,4 Ah removível. O ciclomotor possui ainda autonomia de até 30 km por recarga, velocidade máxima de 25 km/h (com pedal assistido e acelerador) e condução em três níveis (Eco, Mid e High).

-A matéria continua depois da publicidade-

Nova Caloi Mobylette
Caloi/Divulgação

“Fizemos uma pesquisa com o consumidor ano passado que mostrou a força do nome Mobylette quando o assunto é bicicleta motorizada”, explica Marcos Ribeiro, head de produtos da Caloi, em comunicado à imprensa. “O segmento de bike elétrica é uma tendência mundial e a Mobylette voltou para liderar a Caloi nesse setor. Já tínhamos em nosso portfólio bicicletas elétricas, da categoria lazer/mobilidade urbana e mountain bike, e a Mobylette chega para ser mais uma opção ao consumidor.”

O quadro da nova Mobylette é feito de alumínio 6061 com garfo rígido de aço e guidão de aço curvo (654 x 160 / 30º). Os freios são a disco e vêm com um sensor de acionamento que desliga o motor durante a frenagem, permitindo brecadas mais rápidas e suaves. O bagageiro possui capacidade máxima de 5 kg.

Nova Caloi Mobylette
Caloi/Divulgação

Custo-benefício foi prioridade

De acordo com Ribeiro, a ideia por trás do desenvolvimento da nova Mobylette era entregar um veículo elétrico sólido, porém que “respeitasse o bolso” do ciclista. A ideia, segundo o head de produtos, não era fazer uma releitura do modelo clássico, mas um produto moderno com traços retrô.

“Pensamos em cada detalhe, pois há partes dela que trazem o conceito dos modelos antigos, como a parte frontal e o banco”, explica o executivo. “E acreditamos que ela ficou como imaginávamos lá no começo, trazendo esse saudosismo mas que chega para ditar o mercado. Fora que por ser elétrica ela é econômica e não polui o meio ambiente, dois pontos fundamentais para a mobilidade urbana nos dias de hoje.”

Nova Caloi Mobylette
Caloi/Divulgação

A Caloi afirma que a nova Mobylette retornou para ser um produto permanente da marca. Confira no site oficial da marca as lojas que já estão comercializando o modelo.

Crédito da imagem principal: Caloi/Divulgação

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.