Hospital de Amor parado por conta do coronavírus

Por G1 Ribeirão Preto e Franca

O Hospital do Amor, instituição de referência no tratamento do câncer suspendeu a partir desta segunda-feira (20) suas atividades ambulatoriais e hospitalares em Barretos (SP). A unidade informou não ter condições financeiras de atender uma decisão judicial que determinou o afastamento de todos os profissionais de saúde enquadrados nos grupos de risco da Covid-19.

A determinação da Justiça do Trabalho foi favorável ao que o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Ribeirão Preto e Região (Sindees) solicitou em uma ação civil pública.

-A matéria continua depois da publicidade-

Com o cumprimento dessa decisão, o hospital deixa de contar com 400 profissionais, segundo o diretor clínico Paulo de Tarso Oliveira e Castro, e não realizará procedimentos como sessões de quimioterapia radioterapia, além de exames de ressonância magnética, tomografia e ultrassonografia.

Fonte: Por G1 Ribeirão Preto e Franca

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.