Thiago Paulino é medalha de ouro no arremesso de peso no Grand Prix do Marrocos

O recordista mundial do arremesso de peso novamente deixou sua marca na competição em que é especialista e no primeiro dia de suas disputas, cravou a medalha de ouro no Arremesso de Peso.

-A matéria continua depois da publicidade-

No segundo dia de competição, no lançamento do disco, mesmo sem treinar para esta modalidade há quatro anos, o orlandino conseguiu travar uma bela disputa com o número um do ranking neste ano, que é libanês e ficou com a medalha de prata, por uma diferença de apenas 56 cm.


O recorde mundial do lançamento do disco pertence à Thiago, com 48m68 e mesmo nessas condições, o atleta intelliano alcançou a marca de 46m02, o que é considerado um número excelente, por não estar treinando para o disco. O libanês vencedor da prova em Marrakesh lançou 46m58.

Desde ontem (19/09) Thiago está em sua cidade natal e diz ter sido uma grata surpresa o retorno do lançamento do disco categoria F57 nas disputas:

“Foi uma surpresa o lançamento de disco ter voltado a acontecer em uma competição deste porte, os organizadores mundiais haviam praticamente eliminado o lançamento do disco na categoria F57 das disputas e fomos surpreendidos com ela no Marrocos. Vou de imediato inserir o disco na rotina de treinamento e buscar novamente as melhores marcas.” Comentou o orlandino.

Paulino segue treinando forte para as disputas de 2022, mas de olho na próxima temporada, quando duas competições de grande porte farão parte do calendário. O campeonato mundial, que será disputado em Paris, na França, no mês de julho e ainda o Parapanamericano, que acontece na cidade de Santiago, no Chile, em novembro de 2023.

O recordista mundial do arremesso de peso novamente deixou sua marca na competição em que é especialista e no primeiro dia de suas disputas, cravou a medalha de ouro no Arremesso de Peso.
Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.