IORM estreia no dia 1º em Ipuã, o espetáculo Cores que Curam

O público de Ipuã assistirá nesta terça-feira, dia 1º de fevereiro, a primeira apresentação  da turnê Cores que Curam, espetáculo que a Usina da Dança do Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça – IORM, circulará também em Miguelópolis, Guaíra e Orlândia.

-A matéria continua depois da publicidade-

O espetáculo é a resposta terapêutica do uso das cores e das artes sobre os efeitos da Pandemia na saúde emocional de nossos alunos e suas famílias. O espetáculo foi construído a partir de vivências na Casa Sensorial de Orlândia, um espaço destinado à descoberta, à criação, e à convivência.

Todas as medidas de distanciamento social foram adotadas para garantir a segurança da plateia, como exigência da apresentação do comprovante de vacinação para o acesso seguro ao espetáculo, número reduzido de espectadores e espaço entre as poltronas e uso de máscaras e  de álcool 70%.

Além das apresentações presenciais, o espetáculo poderá ser assistido em ao vivo e em tempo real pelo youtube por meio do link www.youtube.com/c/IORMInstitutoOswaldoRibeirodeMendonca

Em Ipuã, as apresentações acontecem nos dias 1º e 2 de fevereiro a partir das 20 horas, no Country Club. A turnê seguirá para Miguelópolis para quatro apresentações na Casa da Cultura Professora Rail Miguel Sawan. No dia 4 de fevereiro, a apresentação será às 20 horas; no dia 5, às 15 e 20 horas e no dia 6 de fevereiro, às 20 horas.

A terceira cidade a receber a turnê Cores que Curam será Guaíra. Os bailarinos da Usina da Dança subirão ao palco do Grêmio Recreativo Esportivo Colorado  nos dias 9 e 10 de fevereiro às 20 horas.

A turnê será encerrada em Orlândia, com quatro apresentações na Associação Atlética Orlândia, nos dias 16 e 17 de fevereiro, sempre às 15 e às 20 horas.

Acessibilidade

O IORM preparou um espetáculo acessível, que oferece ao conjunto de espectadores recursos como audiodescrição e libras, visando contribuir com o acesso das pessoas com deficiência visual, auditiva, baixa visibilidade, analfabetas ou disléxicas também usufruam de seus direitos de acesso à arte e cultura.

A audiodescrição do espetáculo foi feita com vocabulário adequado por uma das maiores especialistas em acessibilidade cultural do país, Bell Machado, diretora de Acessibilidade Cultural da empresa Quesst.

O objetivo foi o de produzir um espetáculo comprometido com a inclusão social, oferecendo meios para transmitir e encantar, através dos diferentes movimentos, sons e histórias, a parcela da população excluída do meio cultural, seja por alguma deficiência física ou intelectual.

Mais sobre o espetáculo

O espetáculo Cores que Curam é parte do processo de criação do produto cultural Espetáculo de Artes Cênicas que integra o Projeto Agenda Cultural 2021 – PRONAC 205171, realizado pelo Ministério do Turismo, Secretaria Especial de Cultura e Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça.

O Espetáculo artístico cultural de artes cênicas tem a dança como ação primeira, resultante dos conteúdos transversais trabalhados nas oficinas de artes, e terá sua estreia ao final do Projeto Agenda Cultural nos quatro municípios participantes, adaptado a cada público.

O Espetáculo mesclará habilidades técnicas sensíveis e criativas através das linguagens das artes: música, literatura e teatro das artes da cena: balé clássico, jazz, contemporâneo e teatro.

Confira as datas e horários do espetáculo em Ipuã, Miguelópolis, Guaíra e Orlândia

IPUÃ

Dias: 1º e 02/02

Horário: 20 h

Local: Country Club

MIGUELÓPOLIS

Dia: 4/02

Horário: 20h

Dia: 05/02

Horários: 15h e 20h

Dia: 06/02

Horário: 20h

Local: Casa da Cultura Professora Rail Miguel Sawan

GUAÍRA

Dias: 09 e 10/02

Horário: 20 h

Local: Grêmio Recreativo Esportivo Colorado

ORLÂNDIA

Dias: 16 e 17/02

Horários: 15h e 20h

Horários: 15h e 20h

Local: Associação Atlética Orlândia

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.