Fundadora do IORM visita obras de ampliação do Castelinho

Em breve, o Núcleo Cultural Oswaldo Ribeiro de Mendonça de Orlândia, o Castelinho terá toda a estrutura necessária para receber os alunos dos projetos Usina da Dança e Guri, parceiro do IORM, em suas instalações.

O prédio, que faz parte da vida da cidade, está passando por obras de reforma e ampliação desde setembro de 2021. Quando as obras forem finalizadas, o Castelinho oferecerá mais 1.023,4 metros para a educação, cultura, lazer e formação dos alunos dos projetos em ambiente especialmente estruturado para aulas e convivência.

-A matéria continua depois da publicidade-

O projeto de reforma e ampliação foi doado  pelo arquiteto Ricardo Del Lama ao IORM, e os serviços técnicos estão a cargo de José Luiz Benini e João Carlos Bacellar. As linhas retas das novas áreas somam-se de forma harmoniosa, ao conjunto arquitetônico do Castelinho e quem ganha é a cidade.

Cronograma

Mesmo durante as obras, as atividades desenvolvidas pelo IORM no Castelinho não foram interrompidas, nem mudaram de endereço. Toda a área foi sinalizada para garantir a segurança das pessoas que circulam no prédio e também aos moradores do entorno.

As chuvas intensas ocorridas entre o final de 2021 e o início deste ano, provocaram a paralisação das obras por vários dias. Apesar disto, o IORM mantém a previsão inicial de entrega da primeira etapa para o final do mês de agosto. Já a entrega da segunda etapa deve sofrer alteração. Prevista para o final de setembro, a segunda etapa só deverá ser concluída no final do mês de outubro.

O gerente Executivo do IORM conta que durante a primeira etapa foram realizados demolição, limpeza, terraplanagem, aterramento e desaterramento do terreno.  Perfuração de borcas e vigas baldrame, concretagem de brocas e vigas com a completa conclusão da estrutura de alicerce de toda a obra, além da impermeabilização, instalação do reservatório de água, muro de arrimo parcial e início das paredes e vigas de alvenaria do galpão que está sendo financiado com recursos do fundo da criança e do adolescente de Orlândia. “A cobertura deste galpão já foi negociada e contratada. Até final de maio o galpão estará coberto”, assegura Rafael.

A equipe administrativa do IORM está elaborando a solicitação de ajuste e atualização das planilhas orçamentárias para envio aos financiadores das primeira e segunda etapas da obra:  Prefeitura do Município de Orlândia/CMDCA, através do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – Termo de Fomento Nº 02/2021  e Governo do Estado/Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa através do Programa de Ação Cultural – ProAC ICMS– processo 27545. 

“Observamos que houve uma inflação no preço dos itens da planilha de produtos e serviços na construção civil nos últimos anos e o orçamento do projeto ainda é de 2020.”, afirma Rafael.

Inês Guedes coordenadora do conselho IORM, ao lado da fundadora do Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça, Josymara Mendonça.

Visita da

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.