FALA CIDADÃO: Moradores reclamam da falta de manutenção e limpeza da praça Cristo Rei em Orlândia

Moradores que residem no entorno da praça Cristo Rei no bairro Jd. Boa Vista, estão enfrentando problemas em relação ao acúmulo de sujeita (folhas, galhos secos), mato alto e péssimas condições da calçada. A munícipe Sandra procurou o NovaCidade e relatou que o local apresenta sinais de abandono, a praça está muito suja e quase não tem mais espaço pra andar, porque a calçada apresenta buracos, ondulações e rachaduras obrigando idosos e cadeirantes a caminhar pelo meio da rua. “É tão triste ver uma praça que já foi referência na região e agora está um abandono” – disse a munícipe.

-A matéria continua depois da publicidade-

O acúmulo de sujeita aumenta os riscos de aparecerem escorpiões, ratos e outros animais transmissores de doenças, além de objetos que podem acumular água, aumentando também o risco de proliferação do mosquito da dengue.

O Jornal Novacidade entrou em contato com a Paróquia Cristo Rei na terça-feira (06), e foi informado que o Padre já ligou várias vezes na prefeitura solicitando a manutenção e limpeza do local, mas até o momento não teve resposta. Os responsáveis pela igreja relatam também que alguns moradores de rua estão ficando no local consumindo bebidas alcoólicas, causando um desconforto aos fiéis que frequentam as missas.

Fotos enviadas pela munícipe Sandra do bairro Jd. Boa Vista que pede uma atenção do poder público.

PRAÇA CORONEL ORLANDO

No mês passado, a Prefeitura Municipal de Orlândia reinaugurou a revitalização da Praça Coronel Orlando. Um investimento no valor total de R$ 217 mil recurso conquistado através do Deputado Federal, Baleia Rossi, junto ao Ministério do Turismo. Foi feito a reconstrução do pavimento, reconstrução do gramado com plantio de grama, reforma do Jardim com plantio de forração e instalação de guarda corpo, construção de rampas de acessibilidade e iluminação geral da Praça.

Praça Coronel Orlando revitalizada e com novo calçamento. (Foto: Prefeitura Municipal de Orlândia)

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.