Escolas municipais de Orlândia recebem espetáculo sobre primeiros socorros

Escolas municipais de Orlândia (SP) está recebendo essa semana as oito últimas apresentações do espetáculo Caixa de Primeiros Socorros, produzido pela Somar Ideias e que no último mês passou por Ribeirão Preto, Morro Agudo e Sertãozinho. Os espetáculos são patrocinados pela Prefeitura Municipal de da cidade.


As apresentações estão acontecendo nos períodos da manhã e tarde em quatro escolas do município: Arlindo Morandini, Maria Magdalena Brasil, Elaine Maria Alves Silveira e Maria Lúcia Berti.

-A matéria continua depois da publicidade-


No palco, seis fantoches – o Esparadrapo, o Vidro de Remédio, a Pomada, o Algodão, a Injeção e o Curativo – ganham vida ao saírem da caixa de dois mágicos. Dois atores e um músico encenam a história que, de forma lúdica, explica como crianças devem reagir em situações de emergência.


O texto é do professor Luiz Borges, a atriz Dig Dutra que assina a direção, e o ator, músico e palhaço Guilherme Miranda faz a direção musical. Os atores Yasmin Azevedo e Pháblo Costa são os mágicos que dão vida aos fantoches. A trilha sonora será executada ao vivo pelo ator e a musicista Athur Maia.

Capacitação
O projeto inclui também a capacitação de professores e funcionários em noções básicas de primeiros socorros, atendendo ao que exige a Lei 13.722, de 2018, que tornou obrigatória a capacitação em primeiros socorros para professores e funcionários de escolas de ensino infantil e fundamental.
Todos devem saber como agir preventivamente em situações de emergência e urgência até que o suporte médico especializado, local ou remoto, se torne possível. Este projeto vem ao encontro desta lei, auxiliando na disseminação de conhecimento aos funcionários da escola, além de ensinar os conceitos básicos de forma lúdica para as crianças.

Temporada
Caixa de Primeiros Socorros iniciou a temporada na região no início do mês de maio. Foram mais de 20 apresentações, com centenas de expectadores, apoiadas pelo Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa através do PROAC Direto.

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.