Câmara de Orlândia declara o Projeto Fique Vivo como entidade de utilidade pública

A Câmara Municipal de Orlândia aprovou pro unanimidade no dia 31 de maio, o Projeto de Lei n°. 011/21 de autoria do Vereador Luiz Carlos Vilarim (Beia), que declara de utilidade pública a instituição Projeto “Fique Vivo” que dedica a promover a conscientização dos cidadãos orlandinos, bem como a prevenção, acolhimento e encaminhamento de todos os que apresentam quaisquer indícios de que possam, no futuro, atentar contra a própria vida, ao tratamento adequado.

SOLIDARIEDADE É A SENSIBILIDADE DE ENXERGAR O PRÓXIMO ALÉM DO ÓBVIO, DE ABRAÇAR ALGUÉM COM SUAS AÇÕES!

-A matéria continua depois da publicidade-

Esse projeto nasceu com muito carinho em nossos corações com o intuito de cuidar de pessoas. FIQUE VIVO foi idealizado para transmitir o amor de Deus dando voz a quem muitas vezes grita calado, oculto. E graças a parceiros(as) e doadores(as) solidários a instituição mantém em pé da melhor forma possível que tem ajudado muitas vidas.

JUSTIFICATIVA DO PROJETO DE LEI

De acordo o reportagem publicada no endereço eletrônico www.visaoregional.com.br, no dia 05 de março de 2020, a cada 40 segundos, uma pessoa comete suicídio.

Com base neste estudo, verifica-se que, somente no Brasil, em média, 32 pessoas cometem suicídios por dia.

Diante desta triste realidade e, com vistas a diminuir, neste Município de Orlândia, o número de mortes por suicídio, foi criado o Projeto Fique Vivo, o qual se dedica a promover a conscientização dos cidadãos orlandinos, bem como a prevenção, acolhimento e encaminhamento de todos os que apresentam quaisquer indícios de que possam, no futuro, atentar contra a própria vida, ao tratamento adequado.

Para tanto, o Projeto conta com o apoio de diversos profissionais voluntários, realizando palestras, passeatas e outros eventos que ajudam, e muito, na prevenção do suicídio, pregando, sempre, o amor e a valorização da vida.

Acredita-se que a supramencionada instituição merece o apoio e o reconhecimento desta Casa de Leis, da qual nós, vereadores, somos legítimos representates.

Dito isto, conto com o apoio dos nobres Edis para a aprovação do presente projeto de lei ordinária, que reconhece o Projeto Fique Vivo como de utilidade pública

NOVO LOCAL

O Executivo oficializou a cessão de um imóvel da Prefeitura, para uso exclusivo do Projeto “Fique Vivo”, onde serão realizados os mais diversos atendimentos à comunidade orlandina. O imóvel fica localizado na Avenida 8, nº 340-A, Jardim Bandeirantes que hoje é utilizado para atendimento do CAPS Infantil, porém, devido a demora na desocupação do prédio, a Prefeitura cedeu um novo local, na Avenida P, 274 – Jd Siena. A inauguração está prevista para o dia 3 de julho de 2021.

O QUE É O PROJETO “FIQUE VIVO”

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a cada 40 segundos, uma pessoa comete o suicídio. Baseado neste estudo, cerca de trinta e dois brasileiros morrem diariamente vítimas do suicídio.


Devido ao alto índice de tentativas e muitas, efetivadas, foi criado o PROJETO FIQUE VIVO, na cidade de Orlândia.O objetivo desse projeto é promover a conscientização da população, prevenção, acolhimento e encaminhamento para o tratamento adequado.


São realizadas palestras em escolas e passeatas sobre o tema, buscando ações de prevenção mais efetivas e a favor da VIDA.
O projeto é composto por vários profissionais voluntários e engajados com a causa.

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.