Operação da Polícia Civil prende 18 pessoas por suspeita de tráfico de drogas em Orlândia

Operação ‘Tráfico Delivery’ foi deflagrada nesta quinta-feira (22) em diversos bairros da cidade. Foram apreendidos entorpecentes, carros, munições e R$ 30 mil em dinheiro.

A Polícia Civil prendeu 18 pessoas temporariamente por suspeita de tráfico de drogas e organização criminosa na manhã desta quinta-feira (22) em Orlândia. Após 8 meses de investigação, a Polícia Civil com atuação de 80 policias e 20 viaturas realizou a operação denominada ‘Tráfico Delivery’. Foram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão e 18 mandados de prisão temporária por crime de organização criminosa e tráfico de drogas nos bairros Jardim Boa Vista, Parisi, Brazão, Vista Linda e no Conjunto Habitacional José Adalberto Morandini (Birucão).

Polícia apreende drogas e dinheiro durante operação em Orlândia (SP) — Foto: Divulgação / Polícia Civil
Polícia apreende drogas e dinheiro durante operação em Orlândia (SP) — Foto: Divulgação / Polícia Civil
-A matéria continua depois da publicidade-

Junto com eles, os policiais apreenderam R$ 30 mil em dinheiro, 1,567 gramas de cocaína, sete munições calibre 38 e dois veículos. Dentre os presos há quatro mulheres, que foram encaminhadas à Cadeia Pública de Franca, e um adolescente, levado à Fundação Casa. Os outros suspeitos estão na Cadeia Pública de São Joaquim da Barra.

Segundo o delegado Vinicius Alexandre Marini da DISE/DIG de São Joaquim da Barra, uma pessoa comandava tudo. “Tinha pessoas que guardavam o dinheiro, pessoas responsáveis pela contabilidade, que ajudavam a comprar drogas e pessoas para revender.” As drogas eram entregues a todos os usuários através de delivery (por telefone) devido a pandemia.

A operação, conduzida pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes (Dise) de São Joaquim da Barra (SP), contou com policiais civis de Ribeirão Preto, Franca, Sertãozinho, Bebedouro, Cristais Paulista, Pedregulho, Ituverava, Guará, Morro Agudo, Ipuã, Sales Oliveira e Orlândia.

Imagens: TVOZ – São Joaquim da Barra

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.