Justiça suspende 14º salário dos servidores públicos de Orlândia

O Ministério Público de São Paulo, através do Procurador Geral de Justiça do Estado de São Paulo, entrou com várias ações de inconsticionalidade, contra todos os municípios que existe o pagamento do 14º Salário dos Servidores Públicos Municipais. Vale ressaltar que a suspensão não é culpa do prefeito e sim, uma decisão judicial do MP contra a prefeitura de Orlândia, que considera a gratificação insconstitucional.

Acatando a decisão judicial, mas não concordando com ela, a Administração Municipal irá recorrer, visando retomar o pagamento deste benefício tão importante aos seus funcionários e que tanto fazem em prol ao município. Porém, até que haja uma decisão final, tal pagamento permanecerá suspenso.

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.