“Ter uma ditadura cruel e sanguinária como exemplo mostra a insídia de Lula contra o povo”, diz Deputado Marco Feliciano

Existe um ditado que diz “o peixe morre pela boca”, numa analogia aos que falam sem medir o alcance de suas palavras, mas se esquecem que não falam apenas para, suas claques e suas palavras atingem também quem pensa contrário e vai a fundo em suas consequências, o ex presidente Lula em entrevista publicada no Portal de Notícias chinês Guancha, elogiou o “partido político forte” da ditadura chinesa, e fez críticas ácidas aos EUA por supostamente “mandarem” na operação Lava Jato para tirarem o PT do poder (sic), num devaneio, Lula afirma que o Partido Comunista Chinês tem força para fazer com que a população cumpra suas decisões, omitindo que esse poder emana do pulso forte e do terror contra dissidentes, demonstrando seu apego pelo poder absoluto de partido único.


Em outra pérola, Lula afirma “esse partido na China tem poder e um governo forte. Quando tomar decisões, o povo respeitará essas decisões, isso é algo que não temos no Brasil”.

-A matéria continua depois da publicidade-


Esse é o candidato que as esquerdas apresentam à nação, justamente em um momento que nos livramos da corrupção endêmica que legou o maior desemprego de todas as épocas, que demonstra suas intenções de implantar o que preconiza o Foro de São Paulo, uma América Latina Socialista, subjugando o povo, destruindo a famílias e as tradições judaico cristã.


Finalizo com outro provérbio “quem avisa amigo é”, portanto meus amigos vigiai e orai, e para alguns cristãos que acreditam nesse canto da sereia reflitam em Isaías 59/5 chocam ovos de serpente.


Que Deus derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todos cidadãos desse país.

Pastor Marco Feliciano

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.