Franca: Adolescente Wesley continua desaparecido

O desespero e a angústia dos familiares do estudante Wesley Pires Alves Filho, 13, continuam. Desde o desaparecimento há 53 dias, o pai segue procurando pistas do filho. Nessa segunda-feira, 19, após mais uma pista falsa, o pai Wesley foi até a cidade de Ribeirão Preto, onde um verdureiro afirmou ter visto o menino próximo à avenida João Fiusa, na área nobre da cidade.

Segundo Wesley, o homem afirmou que viu o garoto por vários dias perto de um ponto de ônibus, mas após ir até a cidade vizinha, o pai voltou com o mesmo sentimento: a frustração de não encontrar o filho. “O verdureiro disse que viu ele por vários dias perto de um ponto de ônibus. Fomos até lá, andei em praças, mas nenhuma pista do meu filho. Nem mesmo uma criança parecida”, disse Wesley, em entrevista ao programa A hora é essa!, da Rádio Difusora, nessa terça-feira, 20.

-A matéria continua depois da publicidade-

Ainda segundo o pai, ontem outra pessoa chegou a se comunicar com a família para dizer que viu o jovem na rodoviária de Patos de Minas (MG), cidade a 233 quilômetros de Franca. “Me procuraram e mandaram uns vídeos da rodoviária de Patos de Minas. Um moço que trabalha lá achou que o garoto parecia demais com o Weslinho, mas pelas imagens o garoto é mais baixo e forte que meu filho. Agora por filmagem é difícil, porque não é tão nítido. Acionei a polícia de lá, para ver se eles fazem uma ronda.

Aparentemente não parece, mas por câmera é complicado”, continuou o pai. Wesley finalizou afirmando que continua procurando o filho e que não desistiu de encontrá-lo. “Eu e a Camila continuamos procurando. Fizemos (buscas) algumas cidades pequenas próximas a Ribeirão Preto e continuo nas buscas. Não paramos de procurar. Muito obrigado pela força que as pessoas estão dando, pelas orações.” O estudante está desaparecido desde o dia 28 de agosto, quando disse que iria a um varejão e não foi mais visto.

Fonte: https://gcn.net.br/noticias/413814/franca/2020/10/apos-mais-pistas-falsas,-wesley-continua-a-procura-do-filho-desaparecido-ha-53-dias

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.