Novacidade.com News - Orlândia - Notícias - Fotos
Esporte

Em dia ruim, Botafogo perde em casa para o São Bento

Compartilhar

Luís Augusto
laugusto@botafogosp.com.br

O duelo contra o São Bento será um daqueles para se esquecer para o torcedor botafoguense. Em uma jornada que nada deu certo, o Tricolor foi derrotado, por 2 a 0, em pleno Estádio Santa Cruz, na tarde deste domingo (13), em duelo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

-A matéria continua depois da publicidade-

Os gols da partida foram anotados por Marcelo Cordeiro, de pênalti, e Maicon Souza. O resultado colocou ponto final na invencibilidade do Pantera em casa e também fez o time deixar a liderança do Grupo B. Por outro lado, a equipe do técnico Rodrigo Fonseca caiu agora para a quarta colocação na chave, com 21 pontos.

O Botafogo volta a atuar pelo Brasileiro da Série C neste sábado (19), às 15h00, contra o Macaé-RJ, no Estádio Moacyrzão, em Macaé-RJ. Rodrigo Fonseca poderá contar com o retorno do meia Vitinho, que cumpriu suspensão no duelo contra o São Bento. Já o zagueiro Caio Ruan ficará de fora para cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

O JOGO

O começo de partida não foi bom para o Botafogo. O time tocou a bola entre os zagueiros e no meio de campo, porém não encontrou espaços para fazer infiltrações ou jogadas de perigo no setor de ataque.

Os visitantes aproveitaram o momento e jogaram em cima do erro do Tricolor. Muriel arriscou o primeiro chute de longa distância, que Neneca saltou e viu a bola passar ao lado do gol do Pantera.

Mesmo com dificuldades, o Botafogo encarou os problemas e esboçou uma melhora. Samuel Santos escapou pela ponta direita e fez o cruzamento para a área. A zaga do São Bento afastou mal e deu o rebote de presente para Edno, que encheu o pé esquerdo na bola e mandou o tiro por cima.

O cenário para o Tricolor ficou ainda pior quando o árbitro Salim Fende Chavez viu pênalti em carrinho de Gladstone na disputa de bola com Caio Cezar. Aos 38 minutos, Marcelo Cordeiro foi para a cobrança da penalidade, deslocou Neneca e abriu o placar para o time de Sorocaba.

Neneca ainda foi obrigado a fazer um verdadeiro milagre logo na sequência. Nilson ganhou a disputa no alto e testou firme no canto. O goleiro se esticou todo para fazer grande defesa e afastar o perigo.

O técnico Rodrigo Fonseca voltou do intervalo promovendo a entrada do talismã Wesley no lugar de Murillo, mas o time levou um duro golpe logo de cara. Aos 7 minutos, Maicon Souza recebeu passe com grande liberdade na área, dominou e bateu colocado no canto para fazer o segundo gol.

O comandante botafoguense ainda mandou a campo Rondinelly e Mário, mas nada foi suficiente para proporcionar uma mudança do quadro. Na melhor chance do Tricolor na etapa complementar, Wesley recebeu na cara do gol e parou em Rodrigo Viana. No rebote, Edno pegou mal na bola e isolou a chance para descontar para o Botafogo.

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: