82,3% dos consumidores já desistiram de uma compra online devido o valor do frete

O valor do frete continua sendo um dos fatores fundamentais para efetivação de uma compra realizado no e-commerce brasileiro. Segundo os dados da última pesquisa E-Commerce Trends 2018, realizada pela empresa Rock Content, 82,3% dos consumidores online desistiram de finalizar uma compra por considerarem o valor do frete muito alto. 

Segundo a análise a informação do valor de frete barra muitas possibilidades de compra por impulso, motivada por alguma promoção ou lançamento, por exemplo. Com o valor “real”, gerada pela soma do valor do produto e taxas de entrega, o consumidor muda de postura, avaliando a real necessidade de compra. Isso justificaria parte da alta porcentagem de desistência. Além disso, outro fator negativo que a logística traz para o comércio eletrônico é o prazo de entrega. O aumento no prazo médio de entrega foi motivo de desistência para 40,7% dos consumidores.

-A matéria continua depois da publicidade-

Cientes desta barreira causada pelo frete, e-commerces buscam diferentes soluções para manter-se competitivo frente ao imediatismo da compra no varejo físico. Segundo Daniel Monteiro, analista da loja virtual ImpressorAjato.com, do segmento de impressoras profissionais, a comodidade que a entrega no endereço do consumidor traz ainda é um grande atrativo para a venda. “Sendo assim buscamos transportadoras parceiras, para oferecer um bom valor de frete para entregas rápidas, ou uma opção mais econômica para os clientes que podem aguardar um prazo um pouco maior, entre 10 a 15 dias. Assim o valor total ainda fica próximo das lojas físicas, sem que haja o transtorno do cliente retirar e transportar equipamentos grandes e pesados, como multifuncionais”, explica Monteiro. 

Outro caso citado pela ImpressorAjato.com e em crescente uso no e-commerce é o chamado omnichannel, em que há a possibilidade tanto de entrega no endereço, quanto retirada na loja, o que elimina o custo de frete. “Possuímos escritório no Rio de Janeiro, sendo assim passamos a oferecer a possibilidade de retirada no local, o que foi bastante aceito pelos consumidores da região. Hoje já possuímos local para retirada na Santa Catarina, e pretendemos ampliar nossa estrutura para possibilitar o omnichannel em outras regiões”.

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.