LUTO: Homem morre de Covid dois meses após perder esposa para a doença em Orlândia

O motorista de carreta Adair Soares Carvalho, de 64 anos, morreu nesta quinta-feira (3), em Orlândia, por complicações da Covid-19, pouco mais de dois meses após perder a esposa, a manicure Solange Silva Carvalho, de 44 anos, devido à mesma doença.

-A matéria continua depois da publicidade-

Em reportagem ao MGN Notícias, a irmã de Adair, Neuza Carvalho, disse que ele ficou 45 dias na UTI e dez no quarto, onde faleceu. Já a cunhada, veio a óbito dois dias após ser internada para tratamento do coronavírus. “Triste de mais. Muito sofrimento”, disse. Ela contou que o irmão tinha diabetes, e começou a apresentar os primeiros sintomas da Covid-19 após alguns dias do sepultamento da esposa dele, que não possuía comorbidades. Adair já havia sido infectado pelo coronavírus em dezembro, mas não precisou de internação. Em abril, testou novamente positivo para a Covid-19, desenvolveu a forma mais grave da doença e precisou ser intubado na UTI.

O casal deixa dois filhos, um adolescente de 16 e uma jovem de 20 anos, que também testaram positivo para o vírus, mas apresentaram apenas sintomas leves da doença. Para as pessoas que não acreditam na letalidade do coronavírus, Neuza alertou: “tenham o máximo cuidado com a higiene pessoal e fique em casa o máximo possível. Se cuidem”. Desde o início da pandemia, Orlândia soma 3.942 casos de coronavírus e 103 óbitos, de acordo com o último boletim divulgado pela prefeitura, na terça-feira (1º). O município também possui 3.270 pessoas recuperadas e outras 569 em tratamento da doença.

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.