“Governo pede para economizar água e energia elétrica”, diz o Deputado Marco Feliciano

A diferença entre um governante e um Estadista está nas atitudes, no seu discurso na sessão inaugural da Assembleia Geral da ONU o Presidente Jair Bolsonaro mostrou o Estadista que é, fez um discurso de Chefe de país grande, enumerou vários pontos positivos da administração, como a preocupação com o meio ambiente, o combate à corrupção, a dinâmica do agro negócio que alimenta um bilhão e meio de pessoas no mundo, as reservas indígenas que são maiores que muitos países da Europa, apontou que somos viáveis aos investimentos de forma propositiva sem, como faziam governos anteriores, estender o chapéu, citou o respeito à constituição e aos militares, o carinho do povo o apoiando no 7 de Setembro e a beleza da democracia.

O discurso do Pr. foi tão claro e objetivo que a imprensa que só critica, teve de se valer de narrativas para discordar do cerne do texto, tamanha objetividade que vimos raramente em um governante brasileiro na abertura dos trabalhos na ONU, disse que o país está pronto para os investidores com estabilidade política, vocês escolhem.

-A matéria continua depois da publicidade-

E o mais importante para um governante de um país com profundas tradições cristãs, citou Deus como seu norte, o que vale dizer, somos de paz, não temos rancor, mas nosso Deus peleja por nós.

Finalizo pedindo a Deus que de paz aos adversários do Presidente Bolsonaro que estão a ponto de se infartarem por não terem motivos de críticas a discurso de tão alto nível, e teor simples e objetivo. Que derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todo povo brasileiro.

Pastor Marco Feliciano

Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.