Em Sales Oliveira | Mais notícias

Servidores municipais de Sales Oliveira tem reajuste salarial de 7,19%

Servidores municipais de Sales Oliveira tem reajuste salarial de 7,19%
Novacidade.com | 04/05/2017 - 18:09:35

Com a medida, Prefeitura vai injetar R$ 800 mil na economia local ao longo de 2017


O prefeito Dr. Edmar Gomiero concedeu reajuste salarial de 7,19% aos funcionários públicos municipais, aposentados e pensionistas. A correção foi feita através de projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal, no dia 17 de abril. Os servidores estão desde 2014 sem reajuste.

A Prefeitura se prepara para injetar na economia local este mês com o reajuste, mais de R$ 77 mil, quase R$ 800 mil ao longo do ano de 2017. Além de incentivar os funcionários, a medida também vai aquecer o comércio e alavancar a economia local.

“Queremos valorizar e motivar os funcionários públicos que estão desde 2014 sem nenhum reajuste salarial. Desta forma, preservar o poder de comprar dos trabalhadores da Prefeitura, além de ajudar a economia do município”, afirma Dr. Edmar. Com a correção, um funcionário que ganha, por exemplo, R$ 1.000 por mês passará a receber R$ 1.071,90.

Dr. Edmar está empenhado e tem feito todos os esforços possíveis para valorização dos funcionários. “Em um momento de crise financeira, estamos fazendo o possível e com muito esforço estamos dando mais um passo para ajudar Sales Oliveira a se reerguer”, disse.

Ele reforça o compromisso com os funcionários. “A falta de reajuste salarial nos últimos anos levou a perdas significativas, nem sequer a reposição inflacionária houve. Mas, na medida do possível, vamos tentar solucionar tal desequilíbrio ao longo de nossa Administração”.

O reajuste salarial corresponde ao índice inflacionário do IGP-M (Índice Geral de Preços de Mercado), relativo ao ano de 2016, informado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Ticket alimentação
Os funcionários também sofreram no último ano com o corte do auxílio-alimentação, que era garantido por lei a todos os servidores. O prefeito Dr. Edmar Gomiero vai enviar esta semana, projeto de lei à Câmara Municipal para a volta do ticket alimentação no valor de R$ 50. O objetivo é que o projeto seja votado este mês em sessão extraordinária.

“Os funcionários tiveram arrancado seu direito ao vale alimentação, que levou muitas famílias a reduzirem o consumo e entrar em dívidas”, conta. “Vamos devolver esse benefícios as famílias. No momento será no valor de R$ 50, mas assim que possível vamos aumentar. Pois, sei que o ticket faz diferença na hora de comprar alimentos para o dia a dia, pagar prestações e manter a casa”, afirma.








    Lucilá Calçados Orlândia