Em Morro Agudo | Mais notícias

Dívida de Morro Agudo ultrapassa R$ 20 milhões

Dívida de Morro Agudo ultrapassa R$ 20 milhões
Novacidade.com | 04/01/2017 - 11:56:00

O ex-prefeito de Morro Agudo Amauri Benedetti (2013-2016) deixou uma dívida no valor total de R$ 25 milhões, entre débitos da Prefeitura Municipal e do Hospital São Marcos mantido pelo município.

Desse total, R$ 19 milhões na Prefeitura Municipal, sendo R$ 10,5 milhões apenas no Instituto de Previdência Municipal de Morro Agudo (IPREMO). Para pagar essa dívida, o atual Governo precisa depositar mais de R$ 1 milhão por mês, entre pagamentos mensais e atrasados. Os atrasos desses pagamentos não liberam a CND - Certidão Negativa de Débito. E sem essa certidão a Prefeitura não consegue a liberação de verbas de convênios com o Governo Federal ou Estadual, o que já estava acontecendo até 2016.

Para quem não sabe, a CND é um documento emitido pela Receita Federal cuja função é comprovar que a pessoa ou objeto (carro, imóvel, terreno, entre outros) não possui débito junto aos órgãos públicos, ou seja, que não existem ações civil, criminal ou federal com relação a essa pessoa ou objeto.

Os outros R$ 8,5 milhões são com fornecedores gerais (da cidade e da região); com empresas que já prestaram ou ainda estão prestando serviço para Prefeitura mas estão sem receber. Já no Hospital São Marcos, mantido pela Prefeitura, a dívida chega a R$ 6 milhões. Esta dívida não é somente com plantão de retaguarda, como também com o 13º salário dos funcionários e empresas que prestam serviço.

“A prefeitura Municipal está sem credibilidade. As empresas não querem fazer um serviço, pois não sabem se vão receber, é preciso mudar essa imagem da nossa cidade, é preciso reconstruir”, completou o prefeito Gilberto Barbeti.

Assessora de Comunicação
Prefeitura Municipal de Orlândia








    Lucilá Calçados Orlândia