Em Franca | Mais notícias

Morre Dom Diógenes, bispo emérito da Diocese de Franca

Morre Dom Diógenes, bispo emérito da Diocese de Franca
Novacidade.com | 21/11/2016 - 09:05:12

O bispo emérito da Diocese de Franca, Dom Diógenes Silva Matthes, morreu na madrugada deste domingo, às 5h, aos 85 anos de idade. Segundo Maria Inês Volpe, da Diocese de Franca, ele teria sofrido um infarto.

Dom Diógenes era mineiro, nascido em Serrania. Quando tomou posse da diocese tinha 39 anos e iria completar 14 anos como padre, tendo trabalhado em Ribeirão Preto e Santa Rita do Passa Quatro. Segundo o Anuário da Diocese de Franca, sua nomeação para bispo ocorreu em março de 1971. Como bispo diocesano, Dom Diógenes ficou por 35 anos, até pedir sua renúncia, que foi aceita no dia 29 de novembro de 2006, quando foi sucedido pelo então bispo coadjutor Dom frei Caetano Ferrari, atualmente na Diocese de Bauru.

Responsável pela ordenação da maioria dos padres da diocese (ele contabiliza mais de 70) e pela criação da maior parte das paróquias, Dom Diógenes era responsável pela Pastoral da Família, com atenção especial para os casais em segunda união.

Entre seus feitos se destacam a construção do Carmelo Santa Tereza e Santa Myriam de Jesus Crucificado e do Seminário Diocesano. Também partiu de Dom Diógenes a divulgação da devoção à Santa Gianna, que, por meio de um milagre operado em Franca, possibilitou sua canonização em Roma.

Nas três décadas e meia em que foi bispo diocesano, Dom Diógenes teve a oportunidade de conhecer três papas: Paulo VI, João Paulo II e Bento 16, além de Pio XII, quando ainda era padre.

Em entrevista ao repórter Marco Felipe, há dois meses, por ocasião da comemoração aos 45 anos de sua ordenação episcopal, Dom Diogenes disse: “Estou felizmente agradecido a Deus por todas as bênçãos derramadas a mim e à diocese. Sempre esperei por essa data e espero pelas próximas, ano que vem irei completar 60 anos como padre”.

Bispo emérito Dom Diógenes será sepultado na Catedral

Já na manhã de domingo homens trabalharam na retirada das pedras que cobrem a cripta. O sepultamento acontecerá nesta segunda-feira, dia 21, às 10 horas, após uma missa de corpo presente que será celebrada pelo bispo Dom Paulo Roberto Beloto.





FONTE: GCN.NET.BR








    Lucilá Calçados Orlândia