Luto | Mais notícias

Filho de dois anos do goleiro Guitta morre em São Paulo

Filho de dois anos do goleiro Guitta morre em São Paulo
Novacidade.com | 07/11/2016 - 17:21:33

NOTÍCIA ATUALIZADA DIA 09/11/2016 - ÀS 18h22

Pequeno Enrico estava internado em um hospital de São Paulo. Velório e enterro serão em Orlândia, cidade onde jogador cresceu e se tornou profissional


O filho do Guitta, goleiro do Corinthians Futsal, morreu no início da tarde desta segunda-feira (07), em São Paulo. O site Novacidade entrou em contato com a prima de Manuela Fávaro, mãe do Enrico, e informou que a criança de dois anos e nove meses faleceu em decorrência de uma parada cardiorrespiratória. Eurico foi levado para o hospital com dor de garganta e no domingo, a família percebeu que os olhos da criança estavam inchados. E ontem, segunda-feira, por volta do meio dia, sofreu a parada. Eurico vinha se tratando de uma convulsão que teve há um mês atrás.

Causa desconhecida
De acordo o site G1, Cidão disse que os médicos não souberam informar a causa da morte. Enrico teve um princípio de febre no domingo, quando foi levado ao hospital e acabou sendo internado. Na segunda-feira, por volta de meio-dia, veio a notícia do falecimento.

- Conversei com o médico-chefe da pediatria e ele disse que não era um quadro comum para uma criança. Uma necrópsia foi feita para tentar identificar a causa. Foi tudo muito rápido - comentou.

O corpo chegou em Orlândia por volta das 9 da manhã no velório Jardim Paraíso e foi aberto ao público a partir do meio dia. O sepultamento foi às 14h30 no Cemitério Municipal.

Por conta do falecimento de Enrico, o primeiro jogo da final da Liga Paulista, entre Sorocaba e Corinthians, previsto para esta quarta-feira, foi adiado. A nova data ainda será anunciada.

Thiago Mendes Rocha, mais conhecido como Guitta, é goleiro do Corinthians Futsal e da seleção Brasileira, casado com Manuela Fávaro de Orlândia moram em São Paulo e tem mais uma filha Alexia de 9 meses. Guitta defendeu a camisa da Intelli por 7 anos conquistando vários títulos, dentre eles o Bi da Liga Nacional.

Mensagens de apoio


O ala Cabreúva, parceiro de Guitta dentro e fora das quadras, defendendo juntos o Orlândia e também a seleção brasileira, foi um dos primeiros a postar uma mensagem de apoio ao amigo nas redes sociais.



Outros jogadores do Orlândia, o técnico Cidão e diretores grená, os parceiros de seleção brasileira Tiago e Gian Wolverine e o craque Falcão também lamentaram a morte de Enrico nas redes sociais.












    Lucilá Calçados Orlândia