Novacidade.com News - Orlândia - Notícias - Fotos
FTTh Telecom
Nuporanga

‘DIA D’ em Nuporanga leva conscientização ao combate do mosquito Aedes Aegypti

Compartilhar

Por Natayslla Garcia

A Seara Alimentos juntamente com o setor de Vigilância Sanitária de Nuporanga, realizaram no dia 5 de abril, o “Dia D”. O movimento teve como objetivo a conscientização e combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.


Segundo o chefe técnico do setor de Vigilância Sanitária, Adriano Janólio, 37, foram registrados desde dezembro de 2018, 110 casos de dengue e dois de zika.


“Recebi uma ligação da enfermeira do trabalho da Seara Alimentos, que por telefone se mostrou preocupada com a situação dos casos de dengue na cidade e se propôs em ajudar de alguma forma. Marcamos uma reunião com a direção da Atenção Básica do município, onde juntos decidimos realizar o ‘Dia D’. Além disso, ao comunicarmos à prefeitura sobre o evento, o prefeito imediatamente se prontificou a colaborar com o que fosse preciso”, conta Janólio.

-A matéria continua depois da publicidade-


De acordo com a enfermeira do trabalho da Seara Alimentos de Nuporanga, Juliana Parada, 41, a peça teatral “Aqui a dengue não se cria”, já era apresentada aos colaboradores.


Para ajudar no trabalho de conscientização para a população, houve uma apresentação de teatro, que abordou a temática do combate ao Aedes Aegypti e formas de prevenir o mosquito transmissor da dengue.


“Essa peça foi elaborada pensando em elucidar de maneira engraçada o impacto que o acúmulo de lixo na nossa própria casa pode virar possíveis criadouros do Aedes Aegypti. É importante conscientizar que está em nossas mãos limpar os nossos quintais, calhas, piscinas e nunca impedir o trabalho da vigilância sanitária, que hoje em dia sabemos que também é uma realidade, muitas pessoas impedem a entrada deles na residência”, comenta Juliana.


O evento aconteceu em frente à igreja matriz da cidade e toda a população pôde prestigiar. Além disso, as escolas públicas municipais e o Colégio Cenec Azevedo, levaram os alunos para aproveitarem a manhã que foi recheada de pipoca e algodão doce.


“É muito importante envolver as escolas porque temos que ensinar, mostrar e conscientizar nossos alunos, vejo neles uma importante forma de multiplicar esses ensinamentos”, afirma Janólio.

Chefe da Atenção Básia Débora Shiraishi, enfermeira do trabalho da Seara Alimentos, Juliana Parada, Chefe do setor de Vigilância Sanitária, Adriano Janólio, com atores do teatro “Aqui a dengue não se cria” e alunos do Colégio Cenec.


Foto capa – Chefe da Atenção Básia Débora Shiraishi, enfermeira do trabalho da Seara Alimentos, Juliana Parada, Chefe do setor de Vigilância Sanitária Adriano Janólio, com atores do teatro “Aqui a dengue não se cria” e alunos da rede pública municipal.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: